19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Projeto PROPARÁ é apresentado ao Poder Legislativo

02/06/2021 20h47 - Atualizada em 02/06/2021 10h25
Por Andrea Santos - AID Comunicação Social

O Pará pode se tornar o principal Estado em relevância econômica do País, com a consolidação de seus polos produtivos. É o que diz o projeto PROPARÁ, que foi apresentado aos deputados do Poder Legislativo na tarde desta quarta-feira (02), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará – Faepa.

Carlos Xavier e o presidente da Alepa, deputado Chicão.

O PROPARÁ, que a exemplo do PROBRASIL, do Governo Federal; o setor produtivo paraense, pelo Fórum das Entidades Empresariais, junto com o Conselho de Desenvolvimento do Estado - CDE, Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Tribunal de Justiça do Estado do Pará e Fórum de Instituições de Educação Superior e de Pesquisa do Pará, apresentam propostas de parcerias público privadas, que tem por objetivo integrar e aprimorar ações estratégicas para a retomada do crescimento econômico pós-pandemia, e, sobretudo alavancar o desenvolvimento do Pará, explorando suas potencialidades.

O presidente da Casa de Leis, deputado Chicão, disse que a Alepa deve estar de acordo com os setores produtivos do Estado. "Hoje foi o primeiro passo que a Alepa deu em direção a um grande e importante projeto. Viemos entender e ouvir a demanda de todos os setores produtivos do Pará. A Assembleia Legislativa do Estado tem que ser uma parceira do setor produtivo e nossa intenção é de ajudar, melhorando sempre o desenvolvimento do Pará", disse.

"Fomos buscar as potencialidades do Estado para que ele seja a o maior estado da Nação brasileira em função da sua capacidade. Estamos discutindo com a sociedade, no sentido de que, juntos iremos trabalhar para que haja uma transformação do Estado, esse é maior objetivo do PROPARÁ. Eu diria que esse projeto começou na Alepa com a aprovação da Lei nº 6.745/2005, que permitiu mostrar para o mundo o Macrozoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Pará", afirmou o presidente da Faepa, Carlos Xavier.

Para a deputada Dra. Heloísa Guimarães, o encontro foi necessário, uma vez que o projeto visa o interesse do avanço do Pará. "As ações são importantes para a população do Estado, o Pará tem muita potencialidade, precisamos ver como contribuir ainda mais para que as potencialidades do Pará não fiquem adormecidas", destacou.

O Presidente da Comissão de Agricultura, Terras, Industria e Comércio (CATIC),  deputado Miro Sanova, disse que "o projeto pensa no Estado do Pará de uma maneira muito importante. Ele pensa na produção, o Parlamento Estadual tem que abraçar o projeto, suas ações são positivas", comentou.

"Hoje, vejo isso não como um sonho, mas como um projeto de vida, um projeto de Estado, um projeto que a gente possa realmente alavancar mais o Estado que é o Pará. Isso daqui é para os nossos filhos, nossos netos, para a população do Pará", disse a deputada Professora Nilse Pinheiro.

"Alinhar o potencial do Pará, o projeto pretende tirar da história do país os piores índices de desenvolvimento humano", assegurou o Secretário Extraordinário de Produção do Governo do Pará, Giovanni Queiroz.

Estiveram no encontro os parlamentares Fábio Freitas, Igor Normando, Michele Begot, Raimundo Santos e Orlando Lobato. Também estavam presentes o presidente da Fecomércio, Sebastião Campos; o superintendente do Senar, Walter Cardoso; e o diretor do Fundepec, Fernando Vasconcelos.

 

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019