19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Deputados prestam homenagem póstuma aos atletas do Clube do Remo

15/09/2020 12h06 - Atualizada em 15/09/2020 12h26
Por Carlos Boução - AID - Comunicação Social

A pedido da deputada Marinor Brito (Psol), os deputados fizeram um minuto de silêncio nesta terça-feira (14/09) pelas mortes de dois ex-atletas do Clube do Remo, do futebol, o centroavante Bira e do basquete, Marçal. Ambos aos 65 anos partiram na última segunda-feira. 

"O esporte paraense perdeu duas grandes referências, de jogadores de renome nacional como o Bira e o Antônio Marçal de Souza, reconhecido no esporte amador paraense, ambos morrendo no mesmo dia", destacou Marinor. Para ela, foram perdas significativas. "Nós que somos amantes do esporte e amantes do Clube do Remo sentimos muito a perda destes dois valorosos atletas que foram idolatrados, não apenas pela sua qualidade técnica, mas por serem pessoas amáveis, humildes e referências para muitos", disse.

Trajetória - O ex-jogador de futebol Bira nasceu no Amapá, ídolo do Internacional e do Remo. Ubiratan do Espírito Santo (Bira) travava uma batalha contra um câncer no fígado e morreu em sua cidade natal após complicações da doença, descoberta em janeiro desse ano.

No Colorado, o atacante foi campeão brasileiro invicto em 1979 e no Remo, até hoje, um dos maiores artilheiros da história do clube paraense.

Já o jogador Antônio Marçal de Sousa Filho (Marçal), ídolo do basquete, foi vítima da Covid-19. Em sua carreira, Marçal também defendeu as cores da Seleção Brasileira juvenil, Paysandu e Tuna, mas foi no Remo que fez história. Marçal deixa um legado do quanto o basquete paraense foi competitivo numa época de intensa rivalidade e, sobretudo, bom basquete.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: [email protected] | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019